Quinta da Rica-Fé
Turismo rural junto à cidade de Bragança

Instalações

Serviços disponibilizados

5 quartos

A Casa das Amoreiras, com 300 anos, rodeada por jardins, tem cinco quartos com casa de banho privativa sendo quatro duplos e um familiar.

Pequeno almoço

O Pequeno-almoço tradicional com café, leite, chá, pão fresco, bolo caseiro, laranja, kiwi, frutos da época é servido no início da manhã.

Natureza

Permite aos hóspedes usufruírem do sossego libertador proporcionado pelo canto das aves, da observação da flora e fauna e das estrelas.

Desporto

Poderá caminhar pela Quinta, visitar a Ribeira da Granja, a barragem, a pedreira, passear com bicicleta, utilizar o campo de futebol 5x5, etc.

Cultura e história

Situada a 1500 m do centro histórico da cidade de Bragança, com museus. É também possível visitar as aldeias tradicionais do Parque Natural de Montesinho.

Eventos

Temos condições e espaço para organização de eventos para grupos até 50 pessoas.

Sobre a Quinta

Informação histórica da quinta.

  • Século XIII

    A origem do nome da Quinta

    O nome da Quinta é citado já em 1258 nas Ordenações Afonsinas. É formado pela combinação de Rica com Fé. Dona Rica, filha do duque da Polónia foi rainha de Castela (de 1152 a 1157). Santa Fé de Agen que é venerada na Abadia de Conques, nos Pireneus Franceses

  • Século XIII - Século XV

    Tradição em Agricultura e Pecuária

    Cerca de 1225 os Monges Cistercienses da Granja de Moreiruela, em Zamora, adquiriram esta Quinta para produção própria de bens alimentares, criação de ovelhas e introduziram a melhoria do uso da água e a utilização agroflorestal sustentável. Esta compra terá sido patrocinada pela Infanta Teresa Sanches de Portugal. Administraram a Quinta e muitas outras que possuíam nos concelhos de Bragança e Miranda do Douro, durante 200 anos.

  • Século XVI - Século XVIII

    Padres Jesuítas

    Em 1571 os Padres Jesuítas obtiveram autorização régia para comprarem esta Quinta a particulares, para produção própria dos bens alimentares, criação de ovelhas. Era também utilizada como residência de fim de semana dos professores de Colégio Universitário de Jesus que tinham na cidade de Bragança. Construiram uma fonte de granito em 1742. Administraram a Quinta durante 200 anos, até 1759, quando abandonaram Portugal após a perseguição movida pelo Marquês de Pombal

  • Século XVIII - Século XXI

    Actuais donos

    O Rei repartiu as suas propriedades em diversas Quintas, tendo esta sido adquirida pelo sexto avô dos atuais donos, em 1780, em hasta pública. Desde essa data tem estado na posse da Família.

  • Século XX - Século XXI

    O lúpulo

    Em 1960 foi iniciada a cultura do lúpulo para o fabrico da cerveja e progressivamente instalados 6ha, as condições de mercado determinaram o abandono da cultura no ano 2001.

  • Venha
    visitar-nos

Localização

Coordenadas Geograficas

41.82184, -6.75400

41°49'18,624"N 6°45'14,4"W

Ver no google maps

Contatos

Estamos disponiveis através de:

+351 967 574 179

+351 969 325 439

Estamos a norte da cidade junto ao IP4, km 217, nó de Bragança norte

Quinta da Rica-Fé

5300-245 Bragança, Portugal

Reservar

Pode fazer reserva através do Booking.com e do Airbnb. Agradecemos que utilize as seguintes hiperligações:

Booking.com
Airbnb.com

Ou através do telefone: contactar-nos